Gabriel dos Anjos


Um Sopro

As coisas simplesmente acontecem, num piscar de olhos. É tudo quase um sopro, de vida, vida que muda. Constantemente, diariamente.

O que está concretizado hoje, pode desabar mais tarde. O que estava duvidoso ontem, pode estar certo hoje.

Nada está escrito, tudo está em constante movimento. Do corpo, do sopro, do sonho.

Grande roda, que transfere sentimentos, floresce amores. Que vezes outras entram em veias erradas e se perdem.

A grande lição é ter o coração grande, para aguentar as nuanças da grande vida. Da estrada colada nos nossos pés, com caminhos tão inesperados e corriqueiros. A lição é ter amor no peito, é respeito e acatar decisões quase indecifráveis.

É respirar fundo e aceitar as perdas e ganhos. É viver de tal maneira que seja constante até quando se for.

Outros Textos